sexta-feira, 16 de março de 2012

Heróis de Luto: Morreu Sheldon Moldoff

por
Corto de Malta


Um dos grandes nomes das Eras de Ouro e Prata dos quadrinhos faleceu dia 29 de fevereiro, Sheldon Moldoff.


Sheldon Moldoff foi um dos mais prolíficos artistas desde os primórdios da Editora National (atual Editora Das Crises) nos anos 30 e 40, chegando a trabalhar na Revista Action Comics #1, antes mesmo da primeira aparição do Superman nela. Ele trabalhou com um grande número de heróis clássicos como o primeiro Lanterna Verde, Gavião Negro, Mulher Gavião e Batman, como desenhista fantasma do Bob Kane entre os anos 50 e 60. Durante seu trabalho com o personagem foi co-criador, ao lado do roteirista Robert Kanigher, da primeira Batgirl (Betty Kane), de Ás - o Batcão, Bat-Mirim e da vilã Hera Venenosa.






Admirador confesso do mestre Alex Raymond, Moldoff tinha um traço muito bonito e marcante. Marcou mesmo toda uma época. Ele se inspirava bastante no tipo de arte encontrado nas grandes tiras de jornais e trabalhava bastante estudando anatomia, sombras etc. para trasmitir aquilo nos Comics nos quais trabalhou. E conseguiu.

Acabou trabalhando também para várias outras editoras norte-americanas no pós-Segunda Guerra como Marvel, Fawcett, Standard, Max Gaines, EC Comics, entre outras, tornando-se ainda um dos pioneiros dos quadrinhos de horror. É sempre lembrado também por ter sido um dos melhores capistas da indústria dos quadrinhos, especialmente pelas famosas, e muitas vezes inusitadas, capas do Batman da Era de Prata.

Após se desligar da Nona Arte foi trabalhar com storyboards de desenho animado e publicidade. Sheldon Moldoff faleceu de insuficiência renal aos 91 anos.










































































Um comentário:

FabianoCaldeira. disse...

Mais um artista de HQ se foi!!!! Caramba!!!
Os Mestres estão fazendo uma varredura por aqui, hein?

Abraços. Fabiano Caldeira.

Postar um comentário

Todos os comentários e críticas são bem vindos desde que acompanhados do devido bom senso.