sábado, 18 de outubro de 2014

Climatinê: Pump - Histórias do Petróleo

por
Corto de Malta


Um filme que é uma verdadeira aula de história sobre a Era do Petróleo.

Assistido no Festival do Rio 2014.



Existem documentários que são tão enriquecedores que nos ajudam a melhor conhecemos o mundo ao nosso redor, entender como chegamos a esse ponto e o que podemos fazer a partir daqui. Pump - Histórias do Petróleo sem dúvida faz parte deste grupo.

De Rockefeller até Lula, passando por Nikola Tesla, da sabotagem ao bondinho elétrico no EUA até a explosão consumista da "comunista" China (a parte mais surreal do filme), passando pelas guerras do Oriente Médio, o filme de Joshua e Rebecca Tickell aborda diversos pontos da história recente da Humanidade através desde que o chamado "ouro negro" passou a fazer parte integrante da civilização ocidental.



E enxergar vários acontecimentos antigos ou recentes sob essa perspectiva é realmente esclarecedor. O casal Tickell consegue estabelecer de forma (assustadoramente) coerente o mercado do petróleo como o fio condutor da sociedade moderna, ao mesmo tempo em que demonstra sua instabilidade. Até mesmo a grande crise econômica de 2008 teria sido causada pela alta do preço do barril, sendo a crise de crédito um efeito colateral direto deste fato.

Assim como o Petróleo é um bem não durável, a economia em torno dele parece igualmente se encaminhar a passos largos para um colapso. O filme promove a reflexão através de entrevistas com pessoas do mercado petrolífero sobre o quanto a entrada do mercado chinês adiou algo que a todos parece inevitável. Sobretudo para o povo norte americano a dependência do petróleo gerou e ainda gerará mais consequências graves no futuro e na qualidade de vida da população.



Outra reflexão proposta é o quanto as grandes corporações tem poder sobre os cidadãos norte americanos e do mundo em geral e até onde estão dispostas a ir para protegerem seus interesses. Um ponto positivo foi ver ao final do documentário ao menos política brasileira seguindo o exemplo dado por Theodore Roosevelt no princípio do século XX ao combatermos o oligopólio dos combustíveis.

Pump - Histórias do Petróleo é especialmente recomendado pra você que só se informa pela chamada "velha mídia", a qual segundo o filme também está disposta a proteger os interesses das corporações, como é retratado pelo terrorismo que a imprensa dos EUA lidou com a questão dos biocombustíveis. Seja na seja na América do Sul ou do Norte, deste ou do outro lado do Atlântico, fica claro que o cidadão comum está à mercê dos interesses daquele 1% da população que detém as maiores riquezas controlando o mercado, que por sua vez controla nossas vidas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários e críticas são bem vindos desde que acompanhados do devido bom senso.