sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Top Max: 13,5 Fillers Bizarros de Cavaleiros do Zodíaco

por
Corto de Malta

Relembre neste post os momentos mais inusitados inventados pela Toei para a série animada clássica dos Cavaleiros do Zodíaco.


O que são fillers crianças? 


Fillers, ou "passatempos", são tramas criadas exclusivamente nos animes quando os mesmos alcançam a cronologia dos mangás que estão adaptando para assim dar tempo ao autor do quadrinho de publicar capítulos novos. O problema é quando o filler vira uma coisa nada a ver com a história original deixando centenas de perguntas sem resposta. É o caso de diversos animes como, por exemplo, Cavaleiros do Zodíaco. 

13 - O Mestre do Meu Mestre era Seu Mestre? 



Quem assistiu Cavaleiros lembra bem do episódio da Pirâmide de Gelo em que Saga (ou Mestre Ares, ou Grande Mestre etc.) hipnotiza o Cavaleiro de Cristal e o coloca contra seu pupilo, Hyoga de Cisne. Porém, na Saga das 12 Casas Hyoga conhece e enfrenta o Cavaleiro de Ouro Camus de Aquário, que diz ser o Mestre do Mestre Cristal e, portanto, também Mestre de Hyoga... mais ou menos, né? 

Camus não dá um ai sobre a morte de seu discípulo, mas decide interferir fortemente na vida de Hyoga, impedindo-o de ver o navio naufragado no mar da Sibéria aonde repousava o corpo de sua mãe. Mais tarde, na Saga de Poseidon, Hyoga reenconta Isaak de Kraken, que foi seu companheiro de treinamento com Cristal na Sibéria. 

Isaak perdeu um olho e quase morreu para salvar a vida do tonto do Hyoga a primeira vez que ele tentou visitar o navio da mãe no fundo do mar. Ele deveria ser o Cavaleiro de Cisne da Deusa Athena, mas por culpa de Hyoga acabou sendo resgatado ao Santuário Submarino pelo gigantesco Kraken e virando um General Marina de Poseidon. 

Acontece que no mangá não existe o Cavaleiro de Cristal (que até era legal, embora tivesse o visual da Cyndi Lauper!), Hyoga e Isaak são treinados só por Camus e apesar de Camus só dar as caras na Saga das 12 Casas ele se comunica várias vezes com Hyoga antes disso. 

PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Como Camus soube que Hyoga visitava o navio da mãe no anime? Por que ele pareceu não ligar pra morte do Cavaleiro de Cristal? 

Por que ele queria impedir Hyoga de ver a mãe se só no mangá fica explícito que o desejo de Hyoga causou a desgraça de Isaak? E por que Isaak fala "Eles foram nossos mestres?" quando vê os espíritos de Camus e Cristal atrás de Hyoga? Quando ele conheceu o Camus? 

E, falando nisso, porque raios o Saga mandou construir uma Pirâmide de Gelo na Sibéria? Isso de vilão maligno que fica escondido numa pirâmide não é de outro desenho? 



12 - Quem diabos é Mestre Ares? 



Esse é um filler clássico que até hoje confunde a cabeça de muitos. No mangá criado por Masami Kurumada o Grande Mestre do Santuário era Shion, mestre de Mu e Cavaleiro de Áries da mesma geração do Mestre Ancião de Libra. Por ser bem idoso, Shion decide escolher Aiolos de Sagitário como seu sucessor. Saga de Gêmeos decide pôr em prática o plano maligno anteriormente bolado por seu irmão Kanon, matando Shion em Star Hill e assumindo seu lugar para então tentar matar o bebê que era a reencarnação de Athena. 

Ela é salva por Aiolos e levada ao Japão, enquanto Saga passa 13 anos se passando por Shion até que Athena volte, como Saori Kido, para retomar seu lugar ao lado dos Cavaleiros de Bronze. Nesse mesmo dia Marin encontra o corpo do verdadeiro Grande Mestre em Star Hill. 

Como tudo isso é revelado aos poucos no mangá, o anime se embolou todo e fez parecer que quem entrega a armadura de Pégasus ao Seiya no primeiro capítulo foi Shion em vez de Saga e que ele só morre com Saori já crescida, após a Saga dos Cavaleiros Negros. Então um certo Mestre Ares (chamado na primeira dublagem de Arles ou Árnies), Cavaleiro de Prata de Altar, e irmão de Shion (?) assumiu o Santuário de Athena e passou a fomentar GUERRAS PELO MUNDO. 

Não entendeu? É "simples". No anime produzido pela Toei a cena em que Shion escolhe entre Aiolos e Saga como novo Grande Mestre é cortada, Saga mata e assume o lugar de Ares (que é um tipo de Vice-Grande Mestre), tenta matar Athena, póe a culpa em Aiolos... e só 13 anos depois é que Shion morre (ou é morto) e ele vira Grande Mestre. O corpo que Marin encontra era de Ares, não de Shion. Ou seja, Ares é um personagem "boi-de-piranha". 

PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Por que no anime Mu deixou a Casa de Áries e se exilou em Jamiel já que no mangá fica claro que ele sabia que o Grande Mestre não era o Shion? 

Como Shion não percebeu por 13 anos que alguém se passou por seu próprio irmão? 



11 - Os Fabulosos Cavaleiros de Aço 



Na história original, quando um moribundo Aiolos entregou a pequena Saori com a caixa da armadura de Sagitário a Mitsumasa Kido, o velho adotou a pequena Deusa como neta e decidiu que os cem filhos (!) que ele tinha espalhados pelo mundo se tornariam seus guardiões. Depois de passarem o diabo, 10 deles voltaram com armaduras de bronze... o que significa que o FDP matou 90 filhos! (na verdade 89 porque um deles, Mei, apareceu em dois livros baseados na série). 

No anime a Toei suprimiu a paternidade dos Cavaleiros de Bronze (embora não chegue a negar diretamente), mas em compensação inventou que Mitsumasa Kido teria mandado "fabricar" mais três Cavaleiros especialmente para dar uma força aos de Bronze nas lutas. Sim, "fabricar", já que os poderes dos tais Cavaleiros de Aço vinham de muito treinamento físico e de armaduras MECÂNICAS! Depois os Cavaleiros de Aço convenientemente "somem" durante a viagem de avião do Japão a Grécia para a Batalha das 12 Casas. 

Além de quase estragarem várias lutas que os Cavaleiros de Bronze vencem sozinhos no mangá (Hyoga X Babel, Shiryu X Algol etc.) a existência dos Cavaleiros de Aço vai contra a essência da série. 

No primeiro capítulo Marin explica a Seiya que o poder de todos os Cavaleiros (e quiçá de todos os seres) vem do Cosmo. Sem falar que desde a primeira luta de CDZ Seiya vence Cassius demonstrando que não importava a força física e sim a explosão do Cosmo interior. 

PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Cavaleiros sem Cosmo? 
E onde foram párar essas criaturas? Será que Athena percebeu que eram um bando de inúteis, os jogou no mar e aí nem Poseidon quis eles? 



10 - Seiya e o Cavalheirismo 



Esse é um dos mais bizarros. A personalidade do Seiya é completamente diferente no mangá. Além de ser salvo por outros personagens umas 100 vezes menos no original, o Cavaleiro de Pégaso também segue a regra de nunca levantar a mão contra uma mulher. 

Por isso ele apanha da Shina no primeiro encontro e só arranca a máscara dela por acidente. Depois disso, eles só vão se enfrentar pra valer no hospital quando Aiolia de Leão o ataca. Nessa ocasião Seiya só se desvia e se recusa a lutar com Shina e ainda fica putaço porque Aiolia a atingiu quando a Amazona tentava protegê-lo. 

Só que nesse meio tempo a Toei decidiu que Seiya lutaria contra Shina duas vezes, uma na entrada do Santuário e outra numa ilha, aonde o Pégaso quase mata a Amazona de porrada, deixando-a desacordada. Como se não bastasse ainda inventaram o capítulo da famigerada Ilha do Espectro, onde os Cavaleiros de Bronze enfrentam Jisty e os Cavaleiros Fantasmas. Jisty é uma Amazona amiga de Shina e cabe a Seiya enfrentá-la depois de Hyoga, Shiryu e Shun se sacrificarem para Seiya seguir em frente e blá blá blá... 

Pois bem, Seiya recebe a ajuda da armadura de Sagitário, ataca a inimiga... E MATA JISTY PELAS COSTAS! 

PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Sério, o que passou pela cabeça da Toei quando criou essa cena? 

Por que no hospital Seiya diria a Shina que não lutaria com ela por ser mulher se JÁ HAVIA FEITO ISSO e depois ficaria puto por Aiolia de Leão também tê-la ferido e depois ainda tentar golpear Saori também? Aliás, Aiolia sim era um misógino do cacete! 

E por que na Saga de Hades Ikki daria um safanão em Pandora e diria "Eu não sou como Seiya e os outros. Não tenho o menor problema em bater em mulher."? (EU sei... Eu sei... É porque o Ikki é foda!) 



9 - Os Cavaleiros de Ouro e o Capeta! 



Cavaleiros do Zodíaco teve cinco longas-metragens para o Cinema criados exclusivamente pela Toei. Apesar de baseados na série de TV, eles não se encaixam diretamente com ela e obviamente também não com o mangá. Os quatro primeiros foram produzidos durante os anos 80, época da série clássica e o mais recente, O Prólogo do Céu, foi feito durante a produção em anime da Saga de Hades. 

Acontece que a Saga de Hades já existia em mangá nos 80. A produção do anime foi paralisada por motivos nunca completamente esclarecidos, uns dizem que a cronologia do anime alcançou o mangá, outros que houve desentendimentos entre Kurumada, a Toei e a Bandai que fazia os bonecos. 

Enfim, anos antes de se acertarem e decidirem fazer a Saga de Hades, a Toei decidiu lançar um filme com um conceito parecido. Assim nascia Os Guerreiros do Armaggedon, onde os Cavaleiros de Athena enfrentam Lúcifer, que substitui Hades com um visual também a la Cyndi Lauper (você sabe que isso foi feito nos anos 80). 

O ponto mais polêmico do filme, entretanto, é bem no início quando os Anjos da Morte de Lúcifer atacam o Santuário e, em menos de 30 segundos ... MATAM TODOS OS CAVALEIROS DE OURO QUE GUARDAVAM AS 12 CASAS! 
Sim, Mu, Aldebaran de Touro, Aiolia, Shaka de Virgem e Milo de Escorpião caem como moscas num arremedo de cena que deveria representar a primeira fase da Saga de Hades. Detalhe que em seguida o Shiryu ainda segura DOIS desses Anjos da morte na porrada. 

PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Tá certo que os Cavaleiros de Ouro nunca foram os protagonistas, mas não havia um jeito mais honroso de se livrar deles? 

Se era tão fácil evitar o tal golpe como Shiryu fez, será que alguém que se movimenta na velocidade da luz não conseguiria fazer isso? 



8 - No Divã com Fênix 


Outro caso de descaracterização de personagem. Durante A Saga de Asgard (exlusiva do anime) em que os Cavaleiros de Athena enfrentam os Guerreiros Deuses de Hilda de Polaris (que era controlada por Poseidon, que por sua vez era controlado por Kanon), Ikki de Fênix, ao lado do seu irmão Shun de Andrômeda, enfrenta Mime e os irmãos gêmeos Shido e Bado. 

Na verdade Mime, Shido e Bado são dos poucos personagens com motivações convincentes na Saga de Asgard. O que me incomoda aqui é o Ikki. Primeiro ele ajuda Mime a ver como ele fingia odiar o pai pra esconder o remorso por ter sido responsável por sua morte. Depois ainda emenda uma segunda "terapia" ajudando Bado a perceber que amava Shido mesmo tendo sido o gêmeo rejeitado. E fala de amor, amor, amor... 

Cacete Toei! O Fênix do mangá teria trollado todos eles a muito tempo e corrido para salvar Athena e Asgard já que o tempo estava correndo. O do anime parece que quer fazer uma terapia de grupo ali. Poupe-nos. 

PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Por que Ikki não abriu logo um consultório em Asgard pra tratar da falta de socialização do Fenrir, do ciúme possessivo do Hagen, do complexo de Deus do Alberich e da histeria da Hilda? 



7 - Shiryu, O Incrível Domador de Feras 



A partir daqui as coisas começam a ficar realmente bizarras. Por alguma razão a Toei decidiu que o Shiryu não pode vencer lutas... contra animais. Tipo, primeiro lá na infame Ilha do Espectro quando os Cavaleiros de Bronze são atacados por morcegos dá a louca no Shiryu e ele sai correndo e se atira num pântano pros morcegos não chuparem o sangue dele. De lá é cuspido (!) por outro bicho que devia ser uma enguia elétrica sei lá, ficando fora de combate. 

Depois ao enfrentar Fenrir na Saga de Asgard o Dragão, ferido pela luta, quase vira almoço dos lobos do Guerreiro-Deus. Ele chega a clamar para o inimigo tirar os animais de cima dele e só é salvo pela intervenção de Athena. Essa. Cena. É. Muito. Constrangedora. 

Isso se não esquecermos também que ele foi (junto com o Shun) atropelado pelo Cassius, que parecia mais um touro bravo, na Batalha das 12 Casas. Detalhe: Cassius nem Cavaleiro era e Shiryu tinha acabado de despertar o sétimo sentido ao vencer Máscara da Morte de Câncer, um Cavaleiro de Ouro! 


PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Uma revoada de morcegos, uma matilha de lobos e um grandalhão de cabelo moicano sem orelha? Será que o segredo pra vencer o Cavaleiro de Dragão é lutar feito um animal? Porra, até o Seiya arrebentou os corvos do Jamian e, com o Shun, deram uma surra no Cérbero (o cachorrinho do Hell) na Saga de Hades. 




6 - A Armadura Mal-Assombrada de Sagitário 



Após morrer no princípio da história, Aiolos de Sagitário continou auxilixando Athena e os Cavaleiros através de sua armadura de ouro. Mas uma coisa que quem via o desenho não entendia era por que raios a armadura tinha um capacete e chifres no começo (quando Ikki a roubou e chegou a vesti-la antes de levar um pontapé do Seiya) e depois de cair no fundo de um lago ganhou asas e uma tiara, além do arco e flecha? 

Bem, em mais uma cena do mangá que foi excluída do anime Misty de Lagarto diz a Seiya que a armadura de Sagitário que eles tinham era falsa! Pelo menos era isso que o Santuário achava e, ao contrário do que é mostrado no anime, Saga não mandou ninguém ao Japão buscar a armadura de ouro. 

No mangá, Camus envia Hyoga a Guerra Galáctica para matar os outros Cavaleiros, mas ele muda de idéia e desobedece as ordens. Já Ikki não é enviado por ninguém, age por conta própria pra se vingar de Mitsumasa Kido (alguém pode culpá-lo?), não existindo no mangá os personagens Gigars e Píton, dois burocratas que mandavam no Santuário e davam ordens a Fênix e aos demais Cavaleiros que vieram depois. Estes, no original, queriam apenas punir os de Bronze e Saori, por isso ela foi sequestrada por Jamian. 

Segundo Saori revela a Seiya (em outro diálogo cortado), o velho Kido mandou alterar a forma da armadura de Sagitário para enganar o Santuário. Embora nunca seja revelado como isso foi feito (talvez o velho tenha recorrido a Mu, afinal ele era o Ferreiro do Zodíaco) Aiolos faz sua armadura voltar a sua antiga forma quando Seiya a veste pela primeira vez ao enfrentar Aiolia e os cavaleiros de prata Dios de Mosca, Sirius de Cão Maior e Algheti de Hércules. 

PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Por que a Toei cortou isso, Meu Deus? Aliás, falando em fillers e Aiolos, alguém saberia explicar por que o Aiolos faria uma ARMADILHA dentro da Casa de Sagitário pra atrasar os Cavaleiros de Bronze na passagem pelas 12 Casas quando corriam pra salvar Athena? Não seria mais simples eles só lerem o testamento deixado por ele, que nem no mangá? 




5 - Hyoga, O Vira-Casaca 



Se existe uma coisa que mesmo os críticos tem que reconhecer, é como CDZ retrata a amizade e a determinação. Por isso eu acho simplesmente podre ver o Hyoga se tornar vilão no filme em que os Cavaleiros enfrentam Durval de Asgard, o longa A Grande Batalha dos Deuses. 

Como já foi dito, os filmes não tem ligação com a série animada nem com o mangá, embora os tome por base, por isso esse Durval é um outro representante de Odin na Terra em uma outra Asgard e quer destruir Athena pra dominar a Terra. Mas os filmes tem ligação entre si e as atitudes do Hyoga aqui soam estranhas comparadas aos demais... 

Particularmente eu até acho esse filme muito bom, inclusive teve mais participação do próprio Kurumada (na verdade eu sou um verme e gosto de todos os filmes!) e muito mais bem resolvido que a Saga de Asgard da série, mas é muito escroto ver o que acontece com o Hyoga. Ele é capturado logo no início do longa. Em seguida surge um misterioso guerreiro que trabalha para Durval chamado Midgard. Ao enfrentar Shiryu, o Dragão acaba descobrindo ser seu amigo, que diz SERVIR A ODIN E ODIAR ATHENA E SEUS CAVALEIROS! 

Cara, eu acho a luta deles bem legal até, mas nunca fica claro o que aconteceu com o Hyoga, se ele foi hipnotizado por Durval (que também coloca a Saori numa espécie de transe) ou se ele foi torturado de alguma forma. Pra mim, a simples noção de que um Cavaleiro de Athena sucumbiu a tortura e atacou um amigo é falta de respeito com a essência do personagem e totalmente descontextualizado do tudo que foi mostrado até então. 

PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Esse é o mesmo Hyoga que resistiu bravamente ao Abel e aos Guerreiros da Coroa do Sol que queriam obrigá-lo a construir um caixão de gelo para Athena no filme A Lenda dos Defensores de Athena? Ou o mesmo que abdicou das lembranças da mãe para vencer um inimigo em Os Guerreiros do Armaggedon? 




4 - Finais Clichês 



Uma coisa que irrita até os fãs do anime é o fato de sempre no final das batalhas o Seiya receber Cosmo extra ou a armadura de Sagitário, ou os dois, e acabar com o inimigo até então imbatível e todos viverem felizes pra sempre... Bom, o mangá dos Cavaleiros pode não ser dos mais originais, mas sem dúvida os finais de Sagas costumam ser um pouco melhores que os bolados pela Toei e bem mais sucintos. 

No fim da batalha contra os Cavaleiros Negros, por exemplo, Seiya enfrenta Ikki SEM A ARMADURA DE PÉGASO e consegue destruir a de Fênix. Como a armadura do Ikki se regenera as de Dragão e Andrômeda (além do ar congelante do Hyoga) surgem para ajudar Seiya. No anime, o fato dele usar a armadura de Pégaso durante todo o combate soa meio covarde, sem falar que antes, na Guerra Galáctica, Seiya tinha tirado a sua armadura quando Shiryu tirou a dele pra não lutar em vantagem sobre o oponente. Irônico como as pessoas apontam o Seiya como covarde por atacar o Ikki no anime quando a armadura de Fênix quebra, mas no original é o Ikki quem ataca o Seiya sem armadura durante todo o tempo da luta! 

O fim do combate contra o Cavaleiro de Fênix também já emenda com a chegada dos Cavaleiros de Prata, pulando toda uma série de Cavaleiros estranhos que são mandados contra os de Bronze no anime. Já na luta contra os Cavaleiros Ouro nas 12 Casas são cortadas várias coisas, como Ikki vendo Shiryu usando a armadura de Capricórnio, o duelo entre o Golpe Fantasma de Fênix e a Ilusão Diabólica de Saga, o Cavaleiro de Gêmeos usando o golpe Explosão Galáctica contra Seiya e Ikki, sendo que esse último desaparece após receber o golpe pra proteger o amigo. 

Mas o que mais me chamou a atenção foi o finalzinho. Ao invés de todos se reunirem e emprestarem seus cosmos a Seiya depois dele já ter salvo Athena, o que acontece é que ele usa o próprio Escudo de Athena e realiza uma espécie de "exorcismo" em Saga ao mesmo tempo em que aponta a luz do Escudo para a flecha que estava no peito de Saori. Assim, ao mesmo tempo em que a flecha é desintegrada, Seiya testemunha um espírito deixando o corpo de Saga que, voltando ao normal, se despede de Saori e se suicida por remorso. 
Seria um Deus usando um hospedeiro como Poseidon fez com Julian Solo ou Hades com Shun? Se foi, é mais um vacilo da Toei. 

No fim da Saga de Poseidon também foram cortadas cenas como Kanon (e não Seiya) se atirando na frente para proteger Athena do Tridente do Deus dos Mares e Saori dizendo ao espírito de Poseidon após ele deixar o corpo de Julian Solo que enfrentaria todo o panteão olimpiano pela Terra, dando a entender que haveriam bem mais deuses. 

No final da Saga de Hades (o mais parecido entre anime e mangá) a armadura de Sagitário e as demais douradas são enviadas pelo próprio Poseidon aos Cavaleiros de Bronze, mas elas são destruídas por Thanatos, surgem cinco armaduras divinas conseguidas com o sangue de Athena para vencer o Deus da Morte e seu irmão Hypnos e a própria Saori acaba matando o inimigo final, após Seiya ser dado como morto, atravessado pela Espada de Hades. 

Todas essas mudanças tornaram o Seiya tão odiado por vários fãs. Reparem que o video abaixo é repleto de fillers, mas o autor responsabiliza o Kurumada: 


PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Afinal, Saga tinha dupla personalidade ou era controlado por alguém? 

E se os finais das Sagas já eram tão padronizados em anime por que a Toei ainda fez QUATRO filmes com finais mais padronizados ainda? Sim, porque nada é mais previsível que um final de filme antigo dos Cavaleiros onde Seiya vestia a armadura de Sagitário e salvava Athena matando um Deus ou entidade maligna com uma flecha... exceto Abel, que morreu esmagado por um paredão. 



3 - Lutas Sem-Noção da Saga de Asgard 



Eu sei que essa saga tem muitos fãs, mas por favor... Tem momentos bacanas, mas é muita enrolação. Não vou nem entrar no mérito de colocarem Odin no mesmo universo que Athena, até a Marvel faz isso. Mas as lutas são imperdoáveis. Elas ferem vários parâmetros registrados pela própria série, além da costumeira descaracterização de certos personagens. É um absurdo Hyoga não conseguir tirar mais proveito que os demais do fato de estarem lutando o tempo todo num cenário cheio de neve. 

Tão absurdo quanto o Shiryu arrebentar uma cascata de gelo de frente e só o Fenrir ser tragado prum abismo... ou o Alberich vencer Seiya e Hyoga chantageando-os ao dizer que se fosse morto seus amigos permaneceriam pra sempre presos na sua ametista, mas NÃO FALAR ISSO PRO SHIRYU EM NENHUM MOMENTO DO COMBATE DELES! 

E o que foi aquela PAREDE que derrubou o Seiya e o Hyoga dentro do Palácio Valhalla? Tipo, A PAREDE emitiu um vento congelante e nocauteou os dois!? Pior foi o Hyoga praticamente se matar pra derrubar aquilo... 

Daí chegamos na fatídica luta com Siegfried e obervamos os 3 Patetas em ação: Seiya, Shiryu e o pior de todos, o próprio Siegfried. Criaram um cara tão fodão que pra derrubá-lo tiveram que inventar uma explicação forçadíssima. Eu já ouvi falar em golpe telegrafado, mas o Shiryu praticamente fez um projeto em power point mostrando ao Seiya como era o ponto fraco do golpe Vendaval do Dragão. Sendo que A MULA do Siegfried tinha OUTRO GOLPE, Espada de Odin, que não tinha ponto fraco mas mesmo ferido duas vezes seguidas insiste em atacar com o Vendaval do Dragão. ASSIM ATÉ O KIKI VENCERIA ELE! 

E pra coroar de vez vemos o Seiya vestindo uma armadura inteira, a de Odin, e portando a Espada Balmung só pra destruir um Anel... e pra vender bonequinhos do Seiya de armadura nova, lógico. Sem contar que a roupa do Seiya de vermelha ficou azul e depois voltou a ser vermelha, mas deixa pra lá. Detalhe que na abertura dessa fase do anime o Seiya usava a armadura de Odin para lutar contra o Siegfried, mas pelo visto mudaram de idéia depois. 

Pior de de tudo é ter que ouvir o momento emo do Seiya achando que matou a Hilda e clamando a Odin por não ter atendido aos seus desejos. ODIN NÃO É O GÊNIO DA LÂMPADA SUA BESTA! 

PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Como o Seiya não viu sozinho o ponto fraco do Siegfried se no começo da série ele viu o mesmo ponto fraco no Shiryu sozinho e a essa altura já enxergava golpes a velocidade da luz? E por que o próprio Shiryu também precisou da ajuda do Mestre Ancião se ele também conhecia bem seu próprio ponto fraco? 

Aliás, por que o Seiya não usou o Cometa em vez do Meteoro de Pégaso onde ele concentrava toda a força num único ponto com mais velocidade? Era esse o objetivo não? E por que o retardado do Siegfried insistiu NO MESMO GOLPE, mesmo sabendo que o outro funcionaria melhor? Não me conformo com isso. Ele é o único personagem que age assim em toda a história de CDZ. E nem pra matar o Sorento esse cara serviu! 

E mesmo sendo o Anel dos Nibelungos só eu acho muito contraproducente se armar até os dentes pra quebrar um anel? E mais: Seiya com a mão nua cortou a orelha do Cassius. Mas vestindo a armadura e usando a Espada Balmung ele destruiu o Anel Nibelungo sem arrancar o dedo da Hilda. Isso significa que a mão do Seiya corta mais que a lendária Espada Balmung ou a Espada estava enferrujada por falta de uso? 




2 - As Constrangedoras Cenas Gays 



Algumas coisas realmente não se encontra explicação. A inclusão de cenas extremamente duvidosas em Cavaleiros é uma delas. Duas em especial chamam a atenção. 

No mangá a famosa e polêmica cena em que Shun esquenta o corpo de Hyoga após este ter sido retirado do Esquife de Gelo de Camus na Casa de Libra pelo Shiryu é bem diferente e muito menos homoerótica. Em nenhum momento o Shun deita com o Hyoga. 

E o que dizer da cena ocorrida no fatídico episódio do Dócrates, do Kiki chamando o Shiryu pra dormir e em seguida os dois adormecidos abraçadinhos... entrecortada por uma cena do Shun tomando uma ducha? ¬¬ 

PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Por que tenho a impressão que isso foi obra do mesmo cara que desenhava os personagens com visual da Cyndi Lauper? 




1 - Corra que a Polícia Vem Aí, Dócrates! 



Nada supera isso. O desespero pra criar um gancho e assim segurar a história pra mais um capítulo pode levar os fillers ao nível mais infame. 

Quando Dócrates e Seiya parece que vão se enfrentar numa batalha mortal na Mansão Kido... a polícia aparece e o irmão do Cassius que era temido até pelo Fênix pega Saori de refém e sai correndo tremendo de medo da POLÍCIA DE TÓQUIO! 

Essa cena é tão tosca, mas tão tosca... que ela é legal! Sério, é tão trash ver um Cavaleiro gigantesco que abre crateras na terra com as mãos com medo de uns guardinhas que é genial! Um dos grandes momentos de humor involuntário da Toei. 

Esse episódio abaixo mostra essa e muitas outras bizarrices citadas aqui:  



PERGUNTAS SEM RESPOSTA: Será que o Capitão Nascimento tava fazendo intercâmbio em Tóquio? 

E outra: Quantos irmãos o Cassius tinha, afinal? No mangá ele aparentemente é filho único, mas no anime todo gigante que aparecia era um irmão do Cassius querendo se vingar do Seiya! Além do Dócrates, tinha também o Jaki que luta contra a Marin e parecia nada mais nada menos... do que o Cassius de peruca loira! 




BWAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 



0,5 - Seiya X Radamanthys 



Não quis dizer com esse Top que o Kurumada nunca cometeu erros na história original, ele errou várias vezes (Cavaleiros Negros terem a mesma cara que os de Bronze sem explicação, Milo não saber quantos Cavaleiros de Ouro existiam, Faraó estar no Inferno quando Orfeu foi buscar Eurídice etc.), mas quis mostrar que a maior parte dos problemas do anime foram obra da própria Toei, como aliás acontece em muitos animes menos conhecidos por aqui. 

Várias vezes eles transformaram verdadeiros combos do Seiya em meros ataques de meteoros, fizeram parecer que o Cavaleiro de Pégaso era um covarde misógino e que Hyoga e Marin eram fracos (ela apanha até do Píton, porra!), mostraram o Shiryu dando o Cólera do Dragão com o joelho, modificaram a cena da revelação da identidade da Deusa Athena, pois no mangá Saori sempre soube quem era e inicialmente foi rejeitada pelos Cavaleiros de Bronze, além de cortarem diversas cenas do Ikki e muitos diálogos explicativos sobre a já complicada trama. 

Por exemplo, o que custava esclarecer que enquanto os outros estavam num pega-pra-capar nas 12 Casas, o Ikki estava sentado naquele vulcão pra curar o braço que o Hyoga tinha congelado vários capítulos antes? Ou que Ikki e Shaka já se conheciam da Ilha da Rainha da Morte? 
Sem falar das inúmeras bizarrices que inventaram ao longo do anime. 

Mas também tiveram oportunidade de criar muita coisa boa, como a inesquecível trilha de Seiji Yokoyama, o caracter design de Shingo Araki (muito superior ao traço limitado do mangá), várias cenas de episódios e filmes muito bem dirigidas, o flashback sobre o passado da Shina com o Seiya, a história de Shiryu e Okko, a maior parte do Prólogo do Céu e a Casa de Praia do Seiya... Tipo, não fazia sentido ele ter uma casa na praia, mas eu me amarrava nisso quando era criança! 

Além de algumas lutas exclusivas do anime como Seiya, Shiryu, Hyoga e Shun enfrentando um Radamanthys fora de si no Castelo de Hades dublado por um inspiradíssimo Guilherme Briggs. Prova de que um clichê não precisa ser necessariamente ruim se for bem executado como nessa luta onde Seiya apanha mais que cachorro de rua na porta de restaurante grã-fino, mas ainda assim consegue arrastar Radamanthys pro buraco do Inferno na marra. 

Ao contrário do que muita gente possa achar, a essência de Cavaleiros do Zodíaco não é sobre um bando de caras que apanha apanha apanha e vence o inimigo pica das galáxias no fim, e sim sobre heróis que, diferente de outros animes, lutam por um ideal maior do que ser mais forte que o adversário, se aperfeiçoar como guerreiro ou simplesmente buscar vingança... Como diz o Shun: 

"Somos fracos. Mas podemos nos sentir orgulhosos por sermos teimosos e nunca nos dar por vencidos." 


4 comentários:

Alexandre disse...


Existe um item muito importante que a tradução estragou e quase ninguém lembra.

E só em Hades passa a fazer sentido.

Se o Mú (Áries) e Doko (Libra) não atendiam ao santuário (Eram tidos como desertores).

Porque o Saga (Como grande mestre) resolve ir atrás apenas da armadura de sagitário!!!

Ignorando o Mú e o Doko? Doko tava a beira da morte, mas o Mú não, além de consertar armaduras!!!

Resposta:

Athena exclamation!!!

Com 3 cavaleiros de ouro pode-se realizar o golpe proibido.

TODDY COGUMELO disse...

Show esse post! A história de Saga e Shion é realmente complicada, acho que nem a toei sabe explicar essa porra! E essa luta do Shiryu com Fenrir é muito constrangedora! hauhauhuahuha

Unknown disse...

Muito bom esse post! Parabéns mesmo!!!!

Unknown disse...

Muito bom esse post! Parabéns mesmo!!!!

Postar um comentário

Todos os comentários e críticas são bem vindos desde que acompanhados do devido bom senso.