quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Climatinê: Agente Carter por Macgaren

por
Macgaren

O post terá Spoiler do Curta. Leia por sua conta e risco (Eu aviso quando chegar a hora).


 Quem acompanha os filmes do Marvel Studios já deve saber que eles vêm aproveitando os lançamentos dos filmes em Blu-ray para expandir e complementar seu universo cinematográfico através de curtas  de, em média 10 minutos que dão um gostinho a mais dos filmes.

Já tivemos 3: “O consultor” que conta como foi a escolha do Tony Stark para falar com o General Ross na cena mostrada no pós créditos de O Incrível Hulk.  ”Uma coisa engraçada aconteceu no caminho para o martelo de Thor” Como o primeiro, é focado no Agente Coulson e mostra uma pequena parada do Agente enquanto ao local da queda do Martelo do Thor como mostrado no pós créditos de Homem de Ferro 2. E mais recentemente tivemos o “Item 47” que mostra um casal que coloca as mãos em uma das armas Chitauri, os alienígenas do filme dos Vingadores, e a usam pra assaltar bancos.



Agora, com o recém lançamento do Blu-ray de Homem de Ferro 3, um novo curta se junta à galeria : Agente Carter. Como o nome sugere, ele é focado na Agente Peggy Carter (Hayley Atwell) e se passa um ano após o final de Capitão América. Com o fim da Guerra, a Agente Carter é transferida  para serviços burocráticos. Mas trabalho em escritório pode ser enfadonho. Ainda mais para uma agente de campo como ela. Como se não bastasse, ainda há o fato dela ser mulher em um serviço dominado por homens o que sempre a deixa em segundo (ou terceiro) plano. Mas isso muda quando ela resolve assumir a investigação sobre “O Zodíaco” e provar que ela é mais que um rostinho bonito.

E chegou a hora de comentar sobre alguns detalhes da trama do curta. Se não quiser ler, como de praxe, pule o trecho entre as duas próximas imagens.



O que mais chamou a atenção em Agente Carter foi o fato da Hayley ter ficado ótima como uma heroína de ação. As cenas de porrada são muito bem coreografada e não parecem irreais como muitas por aí.

Mas tirando isso, há dois pontos da trama que podem ser melhor explorados no futuro cinematográfico da Marvel. O primeiro é o tal Zodíaco. Nos quadrinhos o Zodíaco é um grupo de vilões que usa os signos do Zodíaco(claro) como fantasia. Aqui o Zodíaco dá a impressão de ser uma espécie de soro (Ou veneno, não fica lá muito claro). Quem sabe em um futuro esse soro não possa dar origem a algum bando de vilões pra confrontar os Vingadores?

O outro ponto que merece comentário é revelado o final quando a Peggy é convidada pelo Howard Stark (Pai de vocês sabem quem) para ajudar na formação da S.H.I.E.L.D. Caso queiram, isso pode ser melhor desenvolvido em Capitão América: Soldado Invernal. Ou até mesmo no próprio seriado da Agência que estréia esse mês. Mas claro que isso tudo é apenas suposição.



Na minha opinião, Agente Carter é o melhor dos curtas lançados até agora. Se a série da S.H.I.E.L.D tiver esse mesmo clima, já é um grande passo no caminho certo.

E que venham mais por aí


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários e críticas são bem vindos desde que acompanhados do devido bom senso.