sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Cartas de Um Navegante: Como Crepúsculo Deveria Ter Sido

por
Corto de Malta

 Quem dera Stephanie Meyer tivesse assistido ao anime Super Aventuras pra aprender como se conta uma história de amor proibido entre uma humana e um vampiro.



Alguém lembra do desenho japonês Super Aventuras, exibido nos anos 80 na Rede Manchete? Cada episódio apresentava uma história com começo, meio e fim, mostrando uma livre adaptação de alguma lenda ou obra literária.

O caracter design também mudava muito de um capítulo para o outro para estabelecer que cada trama era independente, embora todas fossem narradas pela voz marcante de Neyda Rodrigues.

A versão de Super Aventuras para o clássico Drácula mostrava uma jovem chamada Sharon, vítima de um terrível acidente de carruagem, que é resgatada para um estranho castelo na região da Transilvânia. Lá ela se apaixona pelo filho do nobre local, Christopher. Porém, sem que ela soubesse, seu futuro sogro é na verdade o Conde Drácula e todos os habitantes do castelo são vampiros!

Uma semelhança entre este episódio de Super Aventuras e A Saga Crepúsculo é a adaptação de uma obra clássica sobre vampiros para um público mais jovem, mas pára por aí. No anime foram consideradas algumas coisinhas básicas que o bom senso  manda quando você trabalha em cima de uma mitologia tão popular e marcante quanto a dos vampiros, mas que a autora Stephanie Meyer fez questão de esquecer. São elas:
  1. Vampiros NUNCA, JAMAIS, EM HIPÓSTESE ALGUMA gostam da Luz do Dia nem "brilham" no Sol.
  2. O instinto os torna predadores noturnos, MORTE pra eles é SOBREVIVÊNCIA.
  3. Para vampiros, humanos são COMIDA, a não ser que se transformem em vampiros também.
  4. Eles podem ser sofisticados e requintados, mas não significa que são AFRESCALHADOS por isso.
  5. Histórias de vampiros são GÓTICAS, de TERROR ou SUSPENSE e não romance adolescente.
  6. Se por uma grande excessão ou acaso do destino um vampiro se apaixona por uma humana com sinceridade e amor verdadeiro... isso só pode acabar mal e TRAGICAMENTE.






Em DEZ MINUTOS Super Aventuras varre o chão com toda a Saga Crepúsculo, provando que não é impossível criar uma boa história sobre uma paixão proibida entre uma garota e um vampiro sem cair na pieguice, descaracterizar uma lenda e nem precisar de quatro livros e cinco filmes pra conta uma história.
E outra:

Chistopher >>> Abismo Abissal >>> Edward Cullen.

2 comentários:

Anônimo disse...

Cara, muito legal! Eu era muito moleque quando vi este desenho e lembro até hoje!
Como faço pra baixar o vídeo??

Fábio Lennon Mercury disse...

Esse é o que o autor de astroboy criou?

Postar um comentário

Todos os comentários e críticas são bem vindos desde que acompanhados do devido bom senso.