sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Mostra O Cinema Total de David Lean Chega ao CCBB do Rio

por
Corto de Malta


O Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro apresenta uma mostra retrospectiva das obras de um dos cineastas mais importantes da Sétima arte: David Lean.


Serão exibidos clássicos da história do Cinema dirigidos pelo cineasta como Dr. Jivago, Lawrence da Arábia, A Ponte do Rio Kwai, A Filha de Ryan, Grandes Esperanças e Desencanto. Além desses e outros, o público também poderá assistir Paralelo 49, filme de Michael Powell e Emeric Pressburger, no qual Lean trabalhou como editor no começo da carreira.



Confira abaixo a programação completa:


Sex (dia 29), às 16h: “ Papai é do contra”, de David Lean (Inglaterra, 1954). Não recomendado para menores de 14 anos. Às 18h30m: “A História de uma mulher”, de David Lean (Inglaterra, 1949). Não recomendado para menores de 14 anos.

Sáb (dia 30), às 13h: “Quando o coração floresce”, de David Lean (Inglaterra/EUA, 1955). Não recomendado para menores de 14 anos. Às 15h: “A ponte do Rio Kwai”, de David Lean (Inglaterra/EUA, 1957). Não recomendado para menores de 14 anos. Às 18h: “Lawrence da Arábia”, de David Lean (Inglaterra, 1962). Não recomendado para menores de 14 anos.

Dom (dia 31), às 13h: “Desencanto”, de David Lean (Inglaterra, 1945). Não recomendado para menores de 14 anos. Às 15h: “Grandes esperanças”, de David Lean (Inglaterra, 1946). Não recomendado para menores de 14 anos. Às 17h30m: “Doutor Jivago”, de David Lean (Inglaterra/EUA/Itália, 1965). Não recomendado para menores de 14 anos.

Seg (dia 1º), às 15h30m: “A maior história de todos os tempos”, de George Stevens e David Lean (EUA, 1965). Não recomendado para menores de 14 anos. Às 19h30m: “Uma mulher do outro mundo”, de David Lean (Inglaterra, 1945). Não recomendado para menores de 14 anos.

Qua (dia 3), às 17h: “As cartas de Madeleine”, de David Lean (Inglaterra, 1950). Não recomendado para menores de 14 anos.

Qui (dia 4), às 16h: “Sem barreira no céu”, de David Lean (Inglaterra, 1952). Não recomendado para menores de 14 anos. Às 18h30m: “Papai é do contra”, de David Lean (Inglaterra, 1954). Não recomendado para menores de 14 anos.

Sex (dia 5), às 15h30m: "A história de uma mulher", de David Lean (Inglaterra, 1949). Às 17h30m: "Lawrence da Arábia", de David Lean (Inglaterra, 1962).

Sáb (dia 6), às 13h: "Nosso Barco, Nossa Alma", de David Lean (Inglaterra, 1942). Às 15h30m: "Quando o Coração Floresce", de David Lean (Inglaterra/EUA, 1955). Às 17h30m: "A Filha de Ryan", de David Lean (Inglaterra, 1970).

Dom (dia 7), às 13h: "Paralelo 49", de Michael Powell (Inglaterra, 1941). Às 15h: "Oliver Twist", de David Lean (Inglaterra, 1948). Às 18h30m: "Doutor Jivago", de David Lean (Inglaterra/EUA/Itália, 1965).

Qua (dia 10), às 16h: "Uma Mulher do Outro Mundo", de David Lean (Inglaterra, 1945). Às 18h: "Este povo alegre", de David Lean (Inglaterra, 1944).

Qui (dia 11), às 16h: "Paralelo 49", de Michael Powell (Inglaterra, 1941). Às 18h: "A Ponte do Rio Kwai", de David Lean (Inglaterra/EUA).

Sex (dia 12), às 15h: "Passagem para a Índia", de David Lean (Inglaterra/EUA, 1984). Às 18h: "Lawrence da Arábia", de David Lean (Inglaterra, 1962).

Sáb (dia 13), às 13h: "Grandes Esperanças", de David Lean (Inglaterra, 1946). Às 15h30m: "A Ponte do Rio Kwai", de David Lean (Inglaterra/EUA, 1957). Às 18h30m: "A Filha de Ryan", de David Lean (Inglaterra, 1970).

Dom (dia 14), às 13h: "Doutor Jivago", de David Lean (Inglaterra/EUA/Itália, 1965). Às 16h30m: 16h30m: "Desencanto", de David Lean (Inglaterra, 1945). Às 18h30m: "Passagem para a Índia, de David Lean (Inglaterra/EUA, 1984).

Seg (dia 15),às 15h30m: "A Maior História de Todos Os Tempos", de George Stevens e David Lean (EUA, 1965). Às 19h30m: "As Cartas de Madeleine", de David Lean (Inglaterra, 1950).



A Mostra O Cinema Total de David Lean vai até o dia 15 de fevereiro. O CCBB fica na Rua Primeiro de Março, 66, no Centro do Rio.


Um comentário:

Stanley Workman disse...

Finally had a brief biography dedicated to a web-page: http://artistmarcbreed.blogspot.com/

Postar um comentário

Todos os comentários e críticas são bem vindos desde que acompanhados do devido bom senso.