sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Cine Climax: Semente do Diabo

por
Corto de Malta
 

No Dia 5 de novembro de 2015, a barragem do Fundão da mineradora Samarco (cujos donos são a Vale do Rio Doce e a australiana BHP) se rompeu causando aquilo que é chamado de o maior desastre ambiental da história do Brasil. Só que não tem nada de "ambiental" em uma catástrofe causada pela mão do homem.

A tragédia que provocou um verdadeiro tsunâmi da lama tóxica, varreu do mapa o distrito de Mariana, causou pelo menos oito morte, desfigurou pra sempre a fauna e a flora locais, matou todas as espécies de peixes e literalmente assassinou o Rio Doce, afetando o abastecimento de água de milhões de pessoas nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo em plena crise hídrica que afeta o Sudeste do país.

Alguns dos mais afetados pelo que ocorreu foram os índios do povo krenak, que vivem à beira da bacia do Rio Doce. O rio era totalmente integrado à cultura daquele povo e, segundo os indígenas, o desastre causado pela Samarco matou o povo krenak junto com o rio.

Um cientista, espantado ao examinar a lama tóxica, declarou:


"Parece que jogaram a tabela periódica inteira dentro do rio"



Infelizmente, tragédias causadas à natureza pela ação devastadora do homem não são novidade, tanto na vida real quanto na ficção. Em 1979 o diretor John Frankenheimer lançou o filme Semente do Diabo (Prophecy), que guarda grandes semelhanças com o caso do rompimento da barragem no Brasil.

Na trama o Dr. Robert Verne (Robert Foxworth) é enviado pela Agência de Proteção ao Meio Ambiente para o Maine, costa leste dos EUA, para mediar o conflito entre uma grande fábrica de papel e uma tribo indígena local liderada por John Hawks (Armand Assante). A princípio o doutor estranha a hostilidade dos protestos dos índios, enquanto os donos da fábrica garantem que não existe motivo para preocupação com o meio ambiente. 

A grande preocupação deles são misteriosas e violentas mortes de funcionários da fábrica que são atribuídas aos índios revoltosos. Mas pouco a pouco o Dr. Verne começa a perceber coisas muito estranhas acontecendo com os animais da localidade.



"- Eis uma charada da faculdade de medicina: qual o único líquido do mundo que não é úmido?
- Qual é a resposta?
- O mercúrio."

Ao investigar, o protagonista descobre que a fábrica envenenou o rio com mercúrio, contaminando os peixes e demais animais que se alimentavam deles. Como consequência várias índias grávidas geram filhos deformados e vários animais sofreram mutações.

O pior ocorre quando a poluição gera um urso mutante apreciador de carne humana que ameaça indiscriminadamente a vida tanto dos índios, quanto dos brancos da fábrica e do médico e sua esposa Maggie (Talia Shire) quando eles decidem levar um dos filhotes para provar os crimes cometidos pela fábrica.


Frankenheimer cria um longa metragem perturbadoramente atual que pode ser considerado um ecoterror, com direito até a um monstro mutante trash, para mostrar como a ganância capitalista do homem sobre a natureza pode ter consequências devastadoras para o próprio homem.

Assista Semente do Diabo legendado abaixo:




3 comentários:

Major Efeitos disse...

Valeu pela postagem, Corto. Me recordo desse filme que assisti pela televisão.

Andre Souza disse...

Filme excelente, recomendo.

RegisWinner disse...

Eu postei ele dublado editado por mim. Está em HD 1280x720p. Apenas o áudio não está remasterizado digitalmente. https://www.youtube.com/watch?v=12N2z8xsB9A

Postar um comentário

Todos os comentários e críticas são bem vindos desde que acompanhados do devido bom senso.