sábado, 27 de setembro de 2014

Panini Lançará Encadernado do Batman de Mike Barr e Alan Davis

por
Corto de Malta
 

A Panini anunciou o lançamento no Brasil de uma das versões mais icônicas (e talvez a mais referenciada) do Cavaleiro das Trevas: as HQ do Batman de Mike Barr/Alan Davis.

A editora lançará no Brasil Lendas do Cavaleiro das Trevas - Alan Davis Volumes 1 e 2  em outubro e novembro de 2014. Apesar de Davis dar nome a graphic novel, Mike W. Barr merece tanto destaque quanto ele, já que é o escritor de todas as histórias.



Os encadernados incluem as edições de Detective Comics #569 a #575, a graphic novel Batman: Full Circle (inédita no Brasil) e uma história de Gotham Knights #35. A fase de Barr e Davis na revista Detective Comics em 1987 é um dos pontos mais iconoclastas da carreira do Morcego.

Algumas histórias são clássicas mostrando o confronto definitivo com o Espantallho, o prenúncio da morte de Jason Todd, a relação maternal de Bruce Wayne com sua tutora Leslie Tompkins, a luta contra o Ceifador, a versão pós-Crise do reencontro com Joe Chill, o assassino de Thomas e Martha Wayne e até um inusitado crossover com Sherlock Holmes!


O primeiro arco de histórias da dupla criativa, por exemplo, definiu pra sempre o relacionamento entre Batman, Mulher-Gato e Coringa. A cena em que o Cavaleiro das Trevas perde o controle sobre si e quase mata o Palhaço de porrada depois dele torturar sua amada foi copiada e homenageada em várias HQs posteriores e até no Cinema.

Mike Barr seguia uma linha de transição entre o Batman da Era de Prata e sua versão moderna de modo mais suave do que a apresentada por Frank Miller um ano antes na graphic novel O Cavaleiro das Trevas (The Dark Night Returns). Talvez por isso não foi tão bem recebida pelos fãs da época, situação que foi mudando com o tempo.


Basta ver como esta concepção do personagem influenciou e influencia até hoje nas versões contemporâneas mais populares do Batman, como o desenho animado da Liga da Justiça, a trilogia de filmes de Christopher Nolan ou a fase recente de Grant Morrison nas HQs.

Um exemplo claro pode ser visto na imagem abaixo que mostra a semelhança entre a capa de Detective Comics #574 quando o segundo Robin leva um tiro e fica à beira da morte, com a cena emblemática de Uma Morte em Família de Jim Starlin e Jim Aparo, feita anos depois quando efetivamente Jason morreu.


O ponto negativo desta publicação fica para o fato de que a Panini irá publicar apenas a primeira edição da Saga Ano Dois para em seguida mostrar sua continuação completa em Full Circle. Isto porque Alan Davis deixou os desenhos do Batman no meio do arco e foi substituído por Todd Macfarlane. Acontece que a Panini também jamais publicou Ano Dois, o qual só pode ser encontrado pela Editora Abril em formatinho.



FONTES: O Vício e Terra Zero.



AVISO: O Climax ficará sem atualizações pelos próximos dias. Aguardem nosso retorno.

Um comentário:

Gabriel Dantas disse...

Bacana!

Espero que não demore!

A Panini tem atrasado bastante suas publicações!

http://gotasdexp.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Todos os comentários e críticas são bem vindos desde que acompanhados do devido bom senso.