quarta-feira, 26 de março de 2014

Baú do Tesouro: Ruínas

por
Macgaren

A Ruína do Universo Marvel.


Eu já falei aqui sobre a maravilhosa mini-série Marvels. Onde é mostrada uma visão do cidadão comum frente ao surgimento dos vários super seres que habitam o Universo Marvel. Como acontece nesses universos ficcionais explosões de Bombas e radiação dão poderes sobre humanos a quem é atingido. Mas e como seria no Mundo real? ou como seria se todas esses acidentes não dessem tão certo assim? Me acompanhe à ruína do Universo Marvel (e não estou falando do período Quesadiano de coisas como Guerra Civil e pactos com o Capeta).

Assim como em Marvels, aqui também acompanhamos o Repórter Investigativo Phil Sheldon, que começa a se perguntar: Como tudo pôde dar tão errado? Tantos acidentes nucleares. Tantas pessoas mortas. Assim ele começa a investigar todas as aberrações resultantes desses acidentes e conforme vai encontrando os poucos sobreviventes, a sensação de que tudo deveria ter sido diferente também aumenta.


As histórias vão desde um velho Canadense com doença nos ossos até uma explosão de uma Bomba Gama que deixou um cientista completamente deformado. Passando por corpos de Alienígenas encontrados “boiando” no Espaço e um crescente aumento do nascimento de pessoas com poderes Paranormais que passam a serem mantidos presas.

Pouco a pouco Phil vai se sentindo desmotivado,como se todas essas tragédias tivessem realmente atingido-o. E o sonho de que essas “Ruínas” poderiam ter feito coisas maravilhosas pelo mundo.


Escrita por Warren Ellis Ruínas foi lançada nos EUA em 1995 e aqui no Brasil chegou em 1998 pela Mythos Editora. Mesmo sendo apenas uma Mini de duas edições, a história mexe com você de um jeito que em muitos momentos te deixa desconfortável, com um gosto ruim na boca. Afinal não é fácil ver personagens que passamos a admirar serem retratados de modo tão trágico.
O que intensifica o mau estar são os desenhos feitos pelo casal Cliff e Terese Nielsen. Conseguem ser bem sombrios e retratam o sofrimento dos personagens muito bem.

Praticamente todo os personagens principais do Universo Marvel são citados e com todos vemos que não tiveram um fim muito feliz. E mesmo os que ainda estão vivos, seria preferível estar mortos.


Apesar desse mau estar, a história é muito boa. Afinal quem nunca pegou se perguntando o porque da radiação nos quadrinhos sempre darem poderes e não Câncer como na vida real? Bem, “Ruínas” responde isso de um jeito que não vai te deixar esquecer.

Um comentário:

Renver disse...

Sinceramente talvez tenha sido a leitura em Scan, mas eu achei essa história bem nhéeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Postar um comentário

Todos os comentários e críticas são bem vindos desde que acompanhados do devido bom senso.