quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Ben Affleck Se Arrependeu Por Ter Feito o Demolidor

por
Corto de Malta
 

O ator e diretor que será o novo Batman do Cinema comentou em entrevista que o único filme que lhe traz arrependimento é Demolidor - O Homem Sem Medo.


Affleck concedeu uma entrevista a Revista Playboy onde comenta que sua versão do Batman procurará ser respeitosa com o que foi desenvolvido com a Trilogia de Christian Bale e Christopher Nolan.

"Não quero entregar demais, mas a ideia do novo Batman é redefinir o personagem de um jeito que não compita com o de Bale e Chris Nolan, mas ainda exista dentro do cânone de Batman. Será uma versão mais velha e mais sábia, particularmente em relação ao Superman de Henry Cavill."



Já quando se trata de sua incursão anterior no universo dos super-heróis interpretando o Demolidor a história é diferente. A revista perguntou a ele se já se arrependeu de ter participado de algum filme e Affleck respondeu:
 "Devo ter dois ou três. Seria difícil escolher. O único filme do qual me arrependo mesmo é Demolidor. Eu sofro mesmo. Adoro o personagem, a história, e o fato de [o filme] ter sido ferrado do jeito que foi acabou me marcando. Talvez isso seja parte dessa minha motivação de fazer Batman agora".



Apesar das críticas demolidoras (sem trocadilhos) eu não acho o filme tão ruim assim. Ele peca muito por exageros e decisões criativas equivocadas (como a ausência de Stick na trama para treinar Matt Murdock e a própria escolha de Ben Affleck para o papel principal), mas mas é bem razoável como filme de ação e fantasia.

Mesmo assim é claro que poderia ter sido muito melhor considerando a matéria-prima que os realizadores tinham em mãos.



FONTE: Omelete.

Um comentário:

Angel Of Death disse...

Eu também acho que O Demolidor não é tão ruim assim. Ele é legalzinho e dá pra aguentar o filme todo. Problema em sí não é totalmente culpa do Affleck e sim de todos os envolvidos(outros atores, roteiro, direção, etc...).

Postar um comentário

Todos os comentários e críticas são bem vindos desde que acompanhados do devido bom senso.