sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Climatinê: Agents of S.H.I.E.L.D. - Episódio 1 por Macgaren

por
Macgaren
 

A Marvel chega à telinha com os Agentes da S.H.I.E.L.D.

Na última Terça aconteceu a esperada por muitos (Eu incluso, óbvio) estréia de Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D, a primeira série da da Marvel que é interligada ao universo cinematográfico do Marvel Studios. Apenas dois dias depois, a série chegou ao Brasil por meio do Canal Sony e mesmo não sendo uma coisa que vá mudar a vida de ninguém, AoS é divertida e faz jus aos filmes da Marvel. Mas como sempre, vamos por partes:

Depois da invasão alienígena ocorrida em Vingadores, armas químicas como a Extremis de Homem de Ferro 3 e até a aparição de Deuses como Thor e Loki, o Mundo mudou e eventos envolvendo seres com superpoderes se tornam cada vez mais frequente. O objetivo da S.H.I.E.L.D. é investigar esses casos e, se preciso, intervir e colocar as coisas de volta em seus lugares.  Podemos dizer que é uma espécie de CSI com Homens de Preto e superpoderes.



O clima da série segue o mesmo dos mostrados nos filmes que a antecedem: Leve, descompromissado e com pitadas de humor. Para os fãs dos quadrinhos (a não ser que seja daqueles que reclamam até de terem mudado o corte de cabelo do seu gibizinho) há ainda várias referências a personagens seja ele do Marvel Studios ou não. E a série é totalmente interligada com os filmes da Marvel. Neste primeiro episódio por exemplo, não só um dos elementos de Homem de Ferro 3 é parte importante como a primeira cena envolve o “resgate” de um dos artefatos que os Chitauri (aqueles alienígenas do filme dos Vingadores). Fica a expectativa pra ver como vão desenvolver essa interligação e principalmente se quando os próximos filmes da Marvel chegarem aos cinemas, os eventos deles irão influir em algo na série.



 O episódio piloto acaba um pouco comprometido por ter de apresentar toda a equipe e no fim, faz isso de forma apenas superficial. Provavelmente ao longo da temporada eles se foquem mais em cada um dos personagens e aí sim, dar um background melhor pra eles. Quem acaba se destacando, como não poderia deixar de ser é o Agente Coulson, personagem que conquistou os fãs ao longo da chamada “Fase Um” do Marvel Studios. Clark Gregg se mostra bem à vontade ao voltar pro personagem e até a explicação para a “ressurreição” dele é bem coerente e até a que muita gente teorizou quando da morte do personagem pelas mãos (ou cetro) do Loki no filme dos Vingadores.

Se bem que, há um diálogo entre a Maria Hill, vivida novamente pela bonitosa Cobie Smulders e um médico da SHIELD que deixa sugerir que há algo mais por trás da volta do Coulson ao mundo dos vivos. Quem é leitor dos quadrinhos já tem uma boa ideia do que pode ser (Que eu não vou falar pra evitar Spoilers). Mas caso essa teoria se confirme, já prevejo a revolta dos não leitores.


Dentre os personagens novos merece destaque a Skye, personagem da também lindinha Chloe Bennet  (Aliás a série está de parabéns pelo grande número de mulher bonita por metro quadrado). A Hacker que é “convidada” a ajudar nesse primeiro caso e acaba ficando, será o clássico “personagem orelha” aquele que é a representação do público e que vai aprendendo junto com a gente. Já a personagem da Ming-na Wen, apesar de aparecer pouco, mostra que não esqueceu seus tempos de Chun Li em uma cena de luta (ou melhor: espancamento) muito bem feita.

Por outro lado o Agente Ward, vivido pelo ator Brett Dalton é totalmente sem carisma. E dá a entender que o papel dele é o principal tirando o Coulson. Espero que ele evolua porque pelo que mostrou no Piloto, não tem a menor capacidade de ser protagonista.


No geral, foi uma boa estréia. Como um marvete safado, fico feliz que esse Universo cinematográfico esteja se consolidando e expandindo para outras mídias como a Tv e os curtas para os dvds. Caso Agents of SHIELD faça sucesso e agrade ao público,  há planos para outros seriados com personagens que talvez não segurem um filme. E também vale torcer para que outros personagens dos quadrinhos deem as caras no seriado. Inclusive, há um clássico vilão já confirmado para surgir (ao menos sua identidade “civil”) já nos próximos episódios.


Pra terminar, só acho válido elogiar ao Canal Sony por, diferente de outros como o AXN, exibir a série com legendas dando opção de outros horários para as versões dubladas. E a série vai ao ar toda Quinta às 21:00 (Confira os horários de exibição no site do canal)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários e críticas são bem vindos desde que acompanhados do devido bom senso.